Ruas na Espanha amanhecem vazias após “estado de alarme”. Unicef alerta que falta de saneamento básico põe em risco 40% da população mundial

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) fez a Espanha decretar “estado de alarme”, uma medida que restringe a circulação das pessoas e determina o fechamento dos estabelecimentos comerciais que não vendam itens de necessidade básica. Assim, as ruas das principais comunidades do país, como Madri e Galícia, amanheceram vazias. Já o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou situação de emergência no país. Enquanto o Governo brasileiro começa a endurecer as regras para enfrentar a pandemia de Sars-Cov-2: há 98 casos confirmados pelo Ministério da Saúde no Brasil, número que tem subido exponencialmente, já que há dezenas de casos confirmados por hospitais particulares e secretarias estaduais de Saúde ainda não contabilizados.

Fonte: ELPAÍS